A pesquisa organizacional é a melhor ferramenta estratégica para analisar o ambiente de trabalho e mensurar a satisfação da sua equipe (no caso de pesquisas de clima) ou de seu cliente (pesquisas de mercado).

pesquisa organizacional

Afinal, a aplicação desse diagnóstico pode gerar inúmeros benefícios: a melhoria da motivação dos colaboradores, a identificação de pontos críticos, definição de metas, potencialização de processos e resultados, etc.

Entretanto, antes de iniciar uma pesquisa organizacional de satisfação ou uma pesquisa de clima organizacional é necessário definir o problema. Até porque, se você não souber o que precisa descobrir com a pesquisa, qual será a finalidade em realizar esta ação?

Outro ponto é que, muitas vezes, o gestor se preocupa mais com a ferramenta que será utilizada do que com o problema em si. Mas, é muito importante que toda pesquisa tenha um objetivo, a real necessidade de informação que será útil para o seu negócio. Logo, a problematização é a etapa que mais quebra a cabeça dos empresários, mas ela nada mais é do que uma questão que se buscará responder por meio da pesquisa organizacional.

Porém, como decidir o problema e o objetivo da sua pesquisa organizacional? Veja dicas no nosso post de hoje.

A definição do problema

Assim, a melhor forma de definir um problema é colocar em prática um simples exercício. Em primeiro lugar, elabore uma série de perguntas do que você gostaria que fosse respondido em suas pesquisas. Por exemplo: qual é o problema que você precisa resolver? Que índice você quer descobrir? Que tomada de decisão você precisa realizar?

Então, para ajudá-lo a visualizar esse processo, separamos algumas perguntas frequentes em uma pesquisa de clima organizacional:

  • O colaborador tem liberdade para expressar sua opinião?
  • Os gestores sabem delegar tarefas?
  • Os objetivos da equipe são os mesmos do meu negócio?
  • A infraestrutura da empresa é adequada?
  • O funcionário tem prazer em trabalhar na empresa?
  • O feedback tem sido praticado frequentemente?
  • As equipes cultivam um bom clima de trabalho?
  • Qual é o nível de engajamento dos funcionários?
  • A comunicação entre os setores e entre os líderes e os liderados é boa?
  • Os funcionários entendem como estão sendo avaliados e o que a empresa espera deles?
  • Os colaboradores indicariam a empresa para sua rede de contatos?

É normal querer investigar diversos assuntos e entender todos os aspectos do seu negócio de uma só vez. Entretanto, seu questionário não vai conseguir responder todas as perguntas em uma única pesquisa.

Dessa forma, quanto mais questões você incluir no questionário, mais confuso e difícil poderá ser para o raciocínio dos respondentes e ainda poderá gerar resultados inconclusivos. Por isso, é importante ter clareza e foco no que você quer obter com sua pesquisa.

Aspectos que podem ser abordados em uma pesquisa organizacional

Em vista disso, os objetivos e os problemas de suas pesquisas também devem estar de acordo com a amostra a ser consultada. São vários os aspectos de uma empresa que podem ser abordados durante uma pesquisa, tais como:

  • Ambiente de trabalho: verifica a qualidade das instalações e a infraestrutura da empresa.
  • Clima: qual é a percepção e a atitude das pessoas em relação ao trabalho e à relação com líderes e colegas.
  • Comunicação: qual é a qualidade dos canais de comunicação e até que ponto a equipe está informada sobre acontecimentos da empresa.
  • Salários: analisando descontentamentos ou eventuais distorções entre salários de acordo com a média de mercado.
  • Interpessoal: avaliando o grau de cooperação e os relacionamentos entre os funcionários.
  • Benefícios: questionando se os benefícios oferecidos atendem às necessidades dos colaboradores.
  • Imagem da empresa: conhecer o sentimento e a opinião dos funcionários em relação à sua marca.
  • Plano de carreira: avalia as oportunidades e as possibilidades de promoções que a empresa oferece para o desenvolvimento profissional.
  • Estilo gerencial: apura a satisfação dos colaboradores em relação aos gestores e como tem sido na prática itens como feedback, relacionamento e liderança.
  • Processo decisório: relativo à centralização ou descentralização das tomadas de decisão e à velocidade em que o processo ocorre.
  • Busca de resultados: verifica até que ponto as pessoas se envolvem na busca por resultados.

Alinhando o problema ao questionário

Uma vez que a pergunta principal e a amostra estão definidas, é hora de fazer o alinhamento entre o problema e o questionário de pesquisa. Aliás, não existe um questionário padrão, cada empresa adapta o formulário à sua realidade, linguagem e cultura. Então, elabore as questões, em uma ordem coerente, de modo a gerar uma visão mais clara sobre o problema.

Se o objetivo da pesquisa é descobrir o porquê dos funcionários estarem insatisfeitos, por exemplo, experimente fazer perguntas para que a pessoa responda sim, não ou às vezes:

  • Sou elogiado por meu chefe?
  • Eu recebo frequentemente um feedback sobre o meu desempenho profissional?
  • Minha remuneração é suficiente para atender às minhas necessidades?
  • Tenho prazer em trabalhar nesta empresa?
  • A profissão que eu escolhi me satisfaz?
  • Os membros de minha equipe se ajudam mutuamente?
  • Eu sou ouvido por meu gestor?

Também é importante colocar algumas perguntas mais abertas e dissertativas, como pedir justificativas para algumas questões – por exemplo, o que precisa melhorar no seu ambiente de trabalho.

Assim, com um questionário objetivo e com perguntas claras, fica muito mais fácil para o gestor analisar os resultados, tirar conclusões e promover ações e tomadas de decisões.

Analisando os resultados

Com as respostas em mãos, é hora de analisar os resultados. A tabulação dos dados pode ser feita à mão, em planilhas ou softwares específicos, essa última maneira é a mais recomendada por questões de redução de tempo, recursos, esforços e também para diminuir as margens de erro.

Através desses dados será possível descobrir o quão bem foi definido o seu problema. Para que isso ocorra, é necessário que os resultados respondam à sua pergunta principal inicial, isso trará bons insights para o seu negócio.

Se o resultado não ficou claro, talvez seja hora de repensar a sua estratégia de pesquisa. Caso precise de uma ajuda nesse processo, entre em contato com o time da Vaipe, estamos prontos para ajudá-lo!

Pronto para colocar essas dicas em prática? Gostaria de ter mais ideias de perguntas para sua pesquisa? Não deixe de ver nosso checklist de perguntas essenciais para uma pesquisa de clima organizacional. 

Pesquisa organizacional: como definir o problema e o objetivo
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *