Todas as empresas possuem uma identidade própria. Um perfil que está relacionado com a sua cultura organizacional. E um dos fatores que determinam qual o perfil da minha empresa está relacionado com os dados demográficos.

Qual o perfil da minha empresa

De acordo com o seu porte, faturamento e número de funcionários, cada organização enquadra-se em diferentes modalidades: microempresa, médio porte, grande empresa, etc.

Outra característica das corporações está relacionada aos dados dos colaboradores. Você já parou para pensar em como as diferentes gerações, sexos e idades estão distribuídas na sua empresa?

Uma das habilidades essenciais aos profissionais da área de RH é saber como lidar com diferentes personalidades no ambiente organizacional.

Cada talento é diferente. Cada um possui personalidade própria e diferentes aspirações e habilidades  profissionais.

O convívio entre diferentes gerações pode ser considerado um dos principais desafios da gestão de empresas. Isso pode afetar, inclusive, a comunicação interna.

Pensando nisso, preparamos o post de hoje para que você saiba qual o perfil da minha empresa e possa tirar o melhor proveito dessa informação. Confira!

Mas qual o perfil da minha empresa?

Saber diferenciar e entender as classificações de empresas, ajuda a definir o perfil dos funcionários e as suas particularidades.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apresenta uma classificação que utiliza o número de funcionários da organização como referencial do porte. Acompanhe:

Indústria

  • Microempresa: até 19 empregados
  • Pequena Empresa: de 20 a 99 empregados
  • Média Empresa: de 100 a 499 empregados
  • Grande Empresa: 500 ou mais empregados

Comércio e serviços

  • Microempresa: até 9 empregados
  • Pequena Empresa: de 10 a 49 empregados
  • Média Empresa: de 50 a 99 empregados
  • Grande Empresa: mais de 100 empregados

Startup

Já as Startups são conhecidas como um grupo enxuto de pessoas que buscam um modelo de negócios escalável e que encaram condições de incerteza. Elas iniciam como pequenas ou micro empresas.

O que diferencia as Pequeno e Micro Empresas das Startups são os objetivos de cada um dos modelos. As PMEs são guiadas pela rentabilidade no longo prazo. Já as Startups focam nas receitas para financiar o seu potencial de crescimento,

As PMEs oferecem produtos e serviços que, normalmente, já são conhecidos do público. Enquanto as Startups buscam oferecer inovação para atender às necessidades dos consumidores.

Conheça o perfil do seu time de talentos

Uma das queixas mais comuns no ambiente organizacional é em relação à comunicação. Muitos líderes e gestores sentem dificuldade em repassar informações ou delegar responsabilidades.

Muito se fala sobre diversidade e sobre perfil de colaboradores. Mas, às vezes, os profissionais não percebem que essas características influenciam no perfil da sua empresa.

Se um gestor distribuir atividades de maneira aleatória entre os membros da sua equipe, sem considerar o perfil de cada um, perderá a chance de otimizar o processo e de motivar seus colaboradores.

Se a mesma atividade fosse delegada para o perfil adequado, os resultados poderiam ser potencializados. Dessa forma, é possível aproveitar todo o potencial dos times.

Atualmente, pelo menos quatro gerações distintas convivem no mundo corporativo. As pessoas cresceram em épocas diferentes, possuem, muitas vezes, valores distintos e estilos de comunicação que podem entrar em conflito.

Como saber qual o perfil da minha empresa e conseguir fazer com que todos trabalhem juntos? Comece identificando os principais grupos:

Baby boomers

Eles são considerados os veteranos no mercado de trabalho. São profissionais experientes, que enfrentaram desafios diversos e que ocupam posições de liderança conquistadas pela sua bagagem e conhecimento.

Nascidos no final da década de 1940, valorizam o tempo dedicado à empresa, além de possuírem inteligência emocional.

Esses colaboradores podem entrar em conflito com os das gerações mais jovens, pois os comportamentos são bem diferentes.

Geração X

Essa geração nasceu entre os anos 1960 e 1980. Esses profissionais são bastante estratégicos e experientes.

O período de recessão enfrentado pelo país, transformou esses colaboradores e fez com que eles se preocupassem com a sua estabilidade.

Geração Y

Nascidos entre 1980 e 2000, esses profissionais acompanharam a revolução tecnológica. Conseguem realizar diversas tarefas ao mesmo tempo, são menos formais e bastante adaptáveis.

Geração Z

Esses são os integrantes mais jovens do mercado de trabalho. Nascidos entre 1990 e 2000, são naturalmente conectados e procuram por desafios. Possuem uma certa dificuldade com regras e limites.

Além das diferentes gerações, outros fatores ajudam a definir qual o perfil da minha empresa. É importante conhecer os colaboradores. Saber se sua organização é composta por mais mulheres ou homens, quais são as faixas etárias, regiões, tempo de casa, modalidade de contratação, nível de formação.

Conhecer essas informações pode ajudar a definir ou rever políticas internas. Por exemplo, se você descobre que o tempo médio de permanência na empresa é de 6 meses, é preciso agir.

Esse indicador sinaliza que algum fator está colaborando para a perda de talentos, não é mesmo?

Além disso, é possível direcionar ações e treinamentos que estimulem os colaboradores de acordo com o seu perfil. Tudo isso, respeitando as particularidades de qual o perfil da minha empresa.

E então, pronto para conhecer qual  o perfil da sua empresa? Ficou com alguma dúvida? Deixe sua mensagem nos comentários!

Qual o perfil da minha empresa?
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *