Um dos aspectos mais importantes dentro de uma empresa é o clima existente. Um ambiente contaminado não é nada saudável e pode acarretar na desmotivação das equipes e na queda da produtividade. Por meio de uma pesquisa de clima, é possível coletar dados que indicam a percepção dos colaboradores.

O ritmo do mercado é bastante acelerado. A rotina tumultuada e a grande quantidade de demandas podem acabar deixando alguns problemas passar despercebidos.

Essa ferramenta de gestão de clima ajuda a nortear decisões estratégicas para a melhoria no desempenho e correção dos problemas que geram insatisfação.

Uma das maiores dúvidas na hora de fazer uma pesquisa de clima é por onde começar. Pensando nisso, preparamos o post de hoje com dicas que ajudarão você a aplicar o questionário e obter um diagnóstico para a sua empresa. Confira!

Por que fazer uma pesquisa de clima contínua?

Para se manter atrativa e forte, uma empresa deve fornecer um ambiente propício para os colaboradores.

A pesquisa de clima contínua ajuda a diagnosticar os fatores que precisam de atenção, mas também aponta os pontos fortes da empresa.

O clima organizacional deve ser constantemente monitorado. Dessa forma, é essencial encontrar melhorias que proporcionem o equilíbrio entre as expectativas da organização e a dos colaboradores. A pesquisa de clima contínua é a chave para isso: você mede semanalmente os resultados do seu time com uma pergunta de clima diferente por vez.

Por meio dessa ferramenta, é possível entender de que forma o clima afeta o desempenho do grupo e os resultados ficam mais fáceis de ser analisados!

Esses dados ajudam na tomada de decisões para eliminar problemas internos. Além disso, com a sua aplicação, a comunicação interna e os níveis de engajamento melhoram, ajudando a reter talentos.

Por onde começar minha primeira pesquisa de clima?

Para poder obter um diagnóstico assertivo, a primeira tarefa deve ser determinar um problema. Ou seja, qual é o motivo pelo qual você deseja aplicar a pesquisa de clima, qual é o seu objetivo.

Monitorar o ambiente, conhecer as opiniões a respeito de uma política, implementar um novo processo, são alguns exemplos.

Jamais comece a pensar em clima organizacional sem elaborar um objetivo. Isso fará com que você colete diversos dados mas que talvez te deixem a deriva sobre o que fazer com eles. Lembre-se: os colaboradores respondem ao questionário na esperança de serem ouvidos.

A pesquisa de clima deve obedecer 5 passos básicos, como veremos a seguir.

1. Preparação

A pesquisa de clima, normalmente, aborda alguns temas gerais. Mas, como já foi dito, é preciso definir um problema que será abordado de maneira mais focada.

Esse é o momento de determinar o que a empresa deseja saber e o que fará a partir da análise dos resultados.

Após determinar o objetivo, é necessário comunicar a respeito do processo. Uma das maneiras de empoderar líderes e gestores é através da informação. Garantir que saibam os objetivos e benefícios da pesquisa de clima é fundamental para que eles “comprem” a ideia e repassem as informações aos liderados.

Promova uma campanha interna para garantir que todos entendam a utilidade da pesquisa contínua e a forma como ela pode ajudar. Tire as dúvidas que podem surgir e torne essa ferramenta atrativa para que todos queiram respondê-la. Ou seja, incorpore o processo de análise de clima e feedbacks na rotina de todos dentro da companhia!

Não se esqueça de ressaltar o sigilo das informações e garantir o anonimato dos participantes. Muita gente omite opiniões por medo de consequências negativas. Portanto, garanta que, independentemente das respostas dadas, os colaboradores não serão identificados.

2. Planejamento e escolha da metodologia

Essa é a fase da elaboração da pesquisa, escolha do questionário e do instrumento de avaliação.

De acordo com o objetivo desejado, as perguntas são formuladas. Existem perguntas que você deve fazer em sua pesquisa de clima organizacional para garantir que ela cumprirá a sua missão.

Confira alguns exemplos de perguntas essenciais:

– Você sente que nos últimos 30 dias teve tempo suficiente para desempenhar as suas tarefas?

Para manter o clima saudável é essencial saber se a jornada de trabalho é produtiva.

Essa questão ajudará a determinar algumas particularidades da sua empresa: os colaboradores estão sobrecarregados? É preciso distribuir de outro modo as tarefas? Há ociosidade? Por que eles não conseguem realizar as atividades no tempo proposto?

– Você tem autonomia para decidir a melhor maneira pra executar as suas atividades?

Uma estratégia adotada pelas empresas é estimular a autonomia para aumentar a motivação.

Garanta que essa pergunta conste na sua pesquisa de clima para conhecer a visão dos colaboradores a esse respeito.

– Você conhece quais são as oportunidades de crescimento dentro da empresa?

Não ter esperanças é bastante frustrante, não é mesmo? Essa questão permite verificar se os colaboradores conhecem as oportunidades internas. Também estimula a reflexão a respeito da acomodação dos membros da equipe.

3. Execução da pesquisa de clima

Algumas organizações fogem da pesquisa de clima por imaginarem o trabalhão que elas teriam à frente. Mas não precisa ser dessa forma! Basta escolher uma empresa que automatize o processo.

Assim, o envio e o preenchimento de formulários, a tabulação, a interpretação e a análise dos dados serão feitos de maneira automatizada, eliminando a papelada e a burocracia.

A pesquisa de clima será muito mais prática e o RH terá o seu tempo otimizado para elaborar os planos de ações.

Na plataforma de pesquisa de clima e engajamento de funcionários da Vaipe você encontra todas essas perguntas prontinhas dentro de um processo automático para ser enviada aos seus funcionários! Bacana né? E os resultados já aparecem em tempo real na plataforma, sem precisar tabular nada! Basta você exportar direto para suas apresentações e reuniões..

4. Análise dos dados

Por meio dos resultados obtidos na pesquisa de clima é possível analisar o ambiente organizacional. O que está acontecendo na sua empresa? É preciso analisar os dados e traçar as estratégias para reverter o cenário negativo e manter os pontos positivos.

5. Conclusão da pesquisa de clima

É hora de compartilhar resultados! Não basta detectar problemas, é preciso adotar medidas que revertam esse quadro.

Todos desejam conhecer os resultados obtidos através da aplicação da pesquisa de clima.

Apresentando os principais pontos e qual será o plano de ação para atendê-los, você demonstrará o empenho da empresa em ouvir cada um de seus colaboradores!

Um clima saudável inspira os colaboradores a darem o seu melhor. Eles se tornam mais produtivos, impulsionando os resultados da empresa.

Para garantir esse ambiente favorável, as organizações devem adotar a pesquisa de clima. Dessa forma, é possível diagnosticar pontos que precisam ser melhorados e potencializar aqueles que já são favoráveis.

Mas não basta realizar a pesquisa de clima uma única vez. Para ter os melhores resultados, ela deve ser contínua. Afinal, os fatores de motivação mudam e a empresa e seus colaboradores estão em constante transformação.

E você, já conhecia a importância da pesquisa de clima? Ficou com alguma dúvida sobre por onde começar a sua? Deixe um comentário ou conheça a plataforma de pesquisa de clima da Vaipe!

 

Primeira pesquisa de clima: por onde começar?
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *