Depois de dedicar tempo, esforço e investimento financeiro para montar o melhor time possível, você precisa manter esses talentos. Um dos maiores desafios nas empresas, hoje, é justamente manter os funcionários motivados a continuar em seus empregos. Afinal, o mercado competitivo sempre busca os melhores profissionais. Portanto, se você tem os melhores, é melhor estar atento ao fator da retenção de talentos!

retenção de talentos

São muitos fatores que contam para reter os talentos do seu quadro de funcionários. Entre eles, salário, planos de saúde, benefícios, planos de aposentadoria, férias, etc. Esses são os pontos que fazem um profissional assumir um cargo, mas não necessariamente o motivam a ficar. Afinal, quase todas as empresas de médio porte oferecem, ainda que em maior ou menor escala, esse conjunto de benefícios.

Por esse motivo, no post de hoje, vamos falar um pouco sobre a estratégia de retenção de talentos de uma das maiores empresas do mundo: a Google. Confira!

A estratégia da Google para retenção de talentos

Primeiramente, é importante saber que desde 2007 a Google está anualmente entre as 100 melhores empresas para se trabalhar. A seleção da Revista Fortune, coloca a Google sempre entre as quatro primeiras colocados. Cinco vezes foi a primeira colocada. O que nos leva a pensar: por que mais de 50 mil funcionários dessa corporação estão tão satisfeitos assim?

O salário, sim, é um dos fatores. No entanto, não é o principal. A Google sempre teve em mente o desafio de atrair, reter e motivar os talentos de uma forma pouco convencional.

Ludicidade

Um pouco da filosofia da empresa foi mostrada no filme Os Estagiários (The Internship), de 2013.  Os ambientes de trabalho da Google, como mostrados no filme, estimulam a criatividade e o senso lúdico de seus funcionários. Assim, a qualidade de vida aumenta. Melhor do que trabalhar em um escritório padrão, com luzes brancas e cadeiras pouco confortáveis, não é mesmo?

Benefícios usuais e pouco convencionais

O pacote usual de benefícios também é oferecido pela Google. Planos de saúde, odontológico e de aposentadoria são ofertados aos funcionários. A empresa também oferece seguro, pacotes de férias e reembolso com despesas de educação. O diferencial, entretanto, está no que a empresa faz a mais. Entre esses benefícios pouco usuais estão almoços e jantares preparados por chefs em restaurantes gourmets, por exemplo.

Além disso, para a retenção de talentos, a Google fornece academias de ginástica, aulas de dança e jogos. Os funcionários podem marcar campeonatos de paintball dentro da própria companhia.

Os colaboradores também têm acesso a quadras de vôlei, playground e médicos que podem ser consultados. E não para por aí: há cabeleireiros, massagistas, lavanderias, videogames, ingressos para jogos de beisebol e as confortáveis e futuristas cabines de soneca. Se você não conhece, pode pesquisar (no próprio Google!) por “Google sleeping pod”.

Segurança psicológica

No entanto, não são apenas esses pontos que motivam a retenção de talentos da Google. A segurança psicológica que a organização oferece é um dos tópicos fundamentais para a felicidade e estabilidade dos colaboradores. Isso quer dizer que quando uma pessoa que trabalha na Google está em um projeto, ela não se sente em risco de parecer que não entendeu algum ponto. Ela não precisa ter medo de esclarecer qualquer dúvida.

Em outras empresas, sabemos que isso pode acontecer ao contrário. Por isso, ficamos relutantes em demonstrar dúvidas que possam influenciar negativamente a forma como os outros percebem nossa competência. Embora esse tipo de autoproteção seja uma estratégia natural para manter o emprego, é prejudicial para o trabalho em equipe.

É preciso motivar os membros da equipe a se sentirem mais seguros uns com os outros. Assim, é mais provável que eles consigam admitir erros e aprender com eles. Dessa forma, você pode direcioná-los a se associar e assumir novos papéis.

Tenha em mente, portanto, que além dos benefícios, é preciso cuidar da saúde psicológica e acompanhar como os funcionários se enxergam dentro da empresa. Assim, os profissionais superam limitações e aumentam a sua autoconfiança. Dessa forma, você potencializa os resultados da sua equipe.

Um modo de realizar isso é por meio da pesquisa de clima. Nesse instrumento de participação anônima os colaboradores podem assinalar o que precisa melhorar em sua política de retenção de talentos. É uma ação ganha-ganha: seus colaboradores trabalharão mais felizes e satisfeitos e sua empresa terá maior produtividade e qualidade em suas entregas.

E então, o que achou das ações para retenção de talentos da Google? Você já aplica alguma em sua empresa? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima!

O que podemos aprender sobre retenção de talentos com o time da Google
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *