Pare por um instante e reflita a respeito da sua trajetória profissional: pense nas empresas para as quais você trabalhou. Pronto? Você saberia dizer por que e para que estava trabalhando? Se a sua resposta for “para que a empresa tivesse lucro”, é bem provável que você não conheça o propósito dela. Ou, muito possivelmente, a organização não sabia transmiti-lo aos seus colaboradores.

propósito

Não está convencido? Vamos utilizar um exemplo bem brasileiro então: o futebol. Em um importante jogo de campeonato, as pessoas que compõem a torcida não se conhecem. Mas existe algo que as mantêm conectadas: um propósito. Que, nesse caso, é ver o seu time ganhar. Elas curtem cada momento, vibrando, torcendo, sofrendo e celebrando. E, aquelas que não apreciam esse esporte, não possuem o mesmo propósito, elas simplesmente passam pelo estádio sem sequer se importar com o que está acontecendo lá.

Dentro das organizações, isso funciona exatamente da mesma maneira. Sem conhecer ou acreditar no propósito do negócio para o qual uma empresa se destina, os funcionários simplesmente cumprem a sua jornada. Não se importam com resultados, eles seguem apenas “fazendo o seu trabalho”.

No post de hoje, falaremos sobre a importância de acreditar no propósito do negócio e de que forma isso afeta a experiência dos membros das equipes. Confira o que preparamos para você!

Qual é o propósito de ter um propósito?

“Aff, lá vem a Vaipe tentando me empurrar um novo conceito à força, minha empresa já tem missão e valores, por que precisa de um propósito?”. Pelo simples fato de que o propósito de um negócio não é a sua visão, nem missão e nem valores.

O propósito vai além da indicação de onde a empresa pretende chegar ou de quais são os seus valores, ele inspira e ajuda os membros da equipe a perceberem que o seu trabalho tem impacto e faz a diferença.

Se você não compartilha o propósito do negócio, as pessoas simplesmente fazem a sua parte, sem motivação e sem acreditar que fazem a diferença. Com isso, a empresa perde em inovação, criatividade e produtividade.

Pesquisa de clima da Vaipe: propósito do negócio

A metodologia da Vaipe consiste em uma pesquisa de clima contínua composta por 54 perguntas. Uma delas é a seguinte: Você acredita no propósito do negócio pelo qual a empresa se destina?

Abaixo, apresentaremos um depoimento anônimo obtido por meio da resposta dessa questão na plataforma da Vaipe.

“Qual é o propósito do negócio pelo qual a empresa se destina?”

Nesse caso, o respondente certamente desconhece o propósito do negócio e esse é um grave erro.

Não importa o tamanho da sua empresa, definir um propósito é um convite para que cada um dê o seu melhor em busca dos objetivos.

Não se esqueça de reforçar quais ações e atitudes da empresa estão ligadas ao seu propósito. Seja momentos de reuniões mensais ou por intermédio das demais ferramentas de comunicação interna.

O propósito do negócio desperta aquele sentimento de que você está conectado com algo maior. Quando o colaborador acredita no propósito pelo qual a empresa se destina, ele se torna mais inspirado a alcançar metas para tornar a sua contribuição mais produtiva.

Essa identificação inicia desde o momento do recrutamento. Encontrar pessoas com fit cultural ajuda a preservar um propósito forte, estruturado e envolvente.

Formar (e manter) equipes que acreditem no propósito do negócio ajuda a obter melhores desempenhos, potencializa relacionamentos, aumenta a confiança e desperta aquela sensação pra lá de gostosa de estar dando o seu melhor por um grande objetivo.

E você, acredita no propósito do negócio para o qual a empresa se destina? Que tal conhecer a opinião dos colaboradores a respeito dessa questão? Entre em contato e comece agora mesmo a estruturar a sua pesquisa de clima!

Você acredita no propósito do negócio para o qual a empresa se destina?
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *