O feedback é um processo de extrema importância para o bom andamento da empresa. Por isso, após uma avaliação de desempenho, por exemplo, é interessante que ele seja feito frente a frente. Porém, em alguns casos de feedback, o gestor precisa reforçar o que foi conversado. Portanto, uma saída nessa situação é utilizar modelos de e-mails de feedback.

Então, no post de hoje trouxemos 5 diferentes modelos de e-mails de feedback para te ajudar nesse momento.

modelos de e-mails de feedback

Modelos de e-mails de feedback

1. Informar uma demissão

Em primeiro lugar quando alguém é demitido, é conveniente informar a todos os colaboradores. Em seguida, para evitar boatos e suposições, rediga um e-mail em consideração ao time formalizando o processo.

Olá, (nome do destinatário)

Como já informado, infelizmente o (nome do colaborador demitido) teve que deixar nosso time.

Apesar de não ter sido uma decisão fácil, cheguei à conclusão de que ele não tinha mais condições de continuar conosco por algumas atitudes observadas.

Caso tenha alguma dúvida, me procure para esclarecermos qualquer questão.

Att.

2. Responder à uma reclamação anônima

Muitas pessoas têm medo do que pode acontecer a elas se fizerem uma reclamação sobre a empresa. Por esse motivo, muitas delas enviam feedbacks anônimos através de, por exemplo, bilhetes. Assim, ao tomar consciência de uma queixa desse tipo, é importante questionar toda a equipe. Se mesmo assim não receber retorno, aposte no e-mail, talvez seja um meio mais confortável para o colaborador se comunicar e partir para uma conversa aberta.

Olá, (nome do colaborador)

Recebi uma reclamação anônima e gostaria de reforçar que, se for você o autor, é importante que me procure para conversarmos.

Entenda que o objetivo da conversa é apenas entender a situação e encontrar a melhor solução possível, não se preocupe em ser prejudicado de nenhuma forma.

Até porque críticas construtivas e sugestões são sempre muito bem aceitas!

Obrigado.

3. Esclarecer uma crítica

Apesar de críticas construtivas serem fundamentais para o desenvolvimento do profissional, alguns deles podem não entender esse objetivo e interpretar como uma ofensa. Assim, se após o feedback você perceber colaboradores nessa situação, tente retomar o propósito da conversa.

Olá, (nome do colaborador)

Percebi que você ficou chateado com minha observação. Por isso, quero esclarecer que o objetivo das críticas é ajudá-lo no seu crescimento profissional para torná-lo um profissional ainda melhor.

Isso não quer dizer que não te valorize e que seu desempenho seja ruim.

Caso queira conversar, estou à disposição.

Att.

4. Questionar faltas

Além disso, é possível que algum dos seus colaboradores esteja tirando folga ou faltando demais. Logo, se vocês já conversaram sobre essa falha e não resolveu, envie um e-mail solicitando uma nova conversa.

Olá, (nome do colaborador)

Reparei que você continua com um número de faltas muito elevado. Essas ausências estão prejudicando o desempenho e o calendário da sua equipe.

Gostaria de entender o que está acontecendo e ser informado, caso esteja com problemas.

Espero seu retorno e gostaria de ter mais uma conversa com você para encontrarmos uma solução.

Att.

5. Chamar a atenção

Igualmente, alguns maus comportamentos podem surgir e, mesmo depois de já ter chamado a atenção presencialmente, o fato se repetir. Por isso, informe ao colaborador que você já está ciente e gostaria de ter uma conversa o mais rápido possível.

Olá, (nome do colaborador)

Estou ciente do seu comportamento de hoje pela manhã. Pensei que já havíamos resolvido o problema, mas pelo jeito precisaremos de uma nova conversa.

Espero você para esclarecermos o ocorrido.

Att.

E aí, curtiu os modelos de e-mails de feedback, ou já utilizou algum deles? Então não esqueça de deixar um comentário e até a próxima!

5 modelos de e-mails de feedback para reforçar a conversa
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *