Benefícios flexíveis: veja como implementar na sua empresa e exemplos

Conforme um levantamento da Unibes, mais de 50% dos profissionais trocariam de emprego em razão dos benefícios oferecidos pela empresa. Dados como esse demonstram o papel estratégico que o programa de benefícios tem para a atração, motivação e retenção de talentos. No entanto, para ele gerar os resultados esperados, é necessário ir além dos benefícios obrigatórios por lei. Dessa forma, um dos caminhos para isso é disponibilizar benefícios flexíveis aos colaboradores.

Por isso, no artigo de hoje você vai descobrir mais sobre essa iniciativa e ver dicas para adotá-la em sua empresa. Acompanhe a seguir.

Benefícios Flexíveis

O que são benefícios flexíveis?

Em um programa de benefícios flexíveis, os colaboradores podem escolher, seguindo determinados critérios, quais benefícios preferem receber. Esse poder de escolha é fundamental para evitar insatisfações e situações comuns, porém problemáticas, como a transformação do benefício em dinheiro, mesmo sob uma perda de valor.

Ainda, ele mostra-se como um bom caminho para contemplar a ampla diversidade de perfis, preferências e necessidades dos colaboradores da empresa. Por exemplo, um benefício de auxílio-creche será muito atrativo e motivador para o funcionário que tem filhos. Para o que não tem, naturalmente, não será – mas um auxílio-educação, sim, pode ser bastante engajador para ele.

Assim, para proporcionar o match perfeito entre benefícios e as demandas de seu colaborador, um plano flexível, que se adeque à realidade de cada funcionário, é uma excelente alternativa.

Impacto dos benefícios flexíveis no engajamento de colaboradores

Você sabia que, atualmente, ocupamos o primeiro lugar no ranking mundial de turnover de funcionários? Pois é, esse dado é preocupante e reflete o problema da falta de engajamento dos colaboradores nas empresas.

Entretanto, para reverter esse quadro, uma das ações possíveis é montar um programa de benefícios flexíveis atrativo e alinhado ao perfil de seus funcionários. Quando se consegue isso, pesquisas indicam 85,7% de satisfação dos funcionários com a iniciativa.

Ainda, oferecer um pacote de benefícios flexíveis demonstra um cuidado extra da empresa com a satisfação dos colaboradores, mostrando que se leva em consideração a individualidade de cada talento da equipe.

Entre os benefícios flexíveis comumente oferecidos nesses programas, podemos destacar:

  • Plano de saúde e odontológico.
  • Auxílio-farmácia.
  • Seguro de vida.
  • Vale-combustível.
  • Estacionamento.
  • Auxílio-creche.
  • Auxílio-educação.
  • Plano de previdência privada.

Como implantar benefícios flexíveis na sua empresa?

Essa é uma iniciativa que precisa ser bem estruturada para se colher os frutos esperados. Para isso, é importante:

Fazer uma pesquisa de clima organizacional

Assim como outras iniciativas voltadas a seu público interno, essa também só será realmente bem-sucedida se levar em conta a opinião, as preferências e as necessidades dos colaboradores.

Por isso, aproveite o momento de aplicar a pesquisa de clima para incluir uma ou mais questões relativas aos benefícios flexíveis. Elabore uma relação daqueles que, de fato, são viáveis para a empresa e solicite que os funcionários escolham os que gostariam de ter.

É recomendado também fazer uma pergunta aberta para que o colaborador inclua algo que ele realmente tenha interesse e que não esteja na sua lista. Por vezes, pode ser algo até mesmo sem custo direto (como a possibilidade de trabalhar um turno por semana em casa ou de folgar em seu aniversário, por exemplo) ou que demandará investimentos que cabem em seu orçamento.

Definir os valores dos benefícios

Ademais, para viabilizar o programa, comumente as organizações estabelecem o valor de cada benefício e definem uma verba específica para cada funcionário (levando em conta sua faixa salarial) utilizar para optar entre os benefícios disponíveis.

Lembre-se de que é obrigatório oferecer as mesmas alternativas de benefícios para os colaboradores que atuam na mesma função, de forma a não praticar nenhum tipo de discriminação ou concessão de privilégios de modo injustificado.

A partir disso, o colaborador escolherá entre os benefícios flexíveis aqueles que estão alinhados a seus interesses e suas necessidades.

Estabelecer a vigência para a combinação escolhida

É preciso definir também um período de vigência para a combinação de benefícios escolhida pelo colaborador. Assim, por exemplo, a cada seis meses ou uma vez por ano, ele poderá rever suas escolhas e fazer os ajustes que achar apropriados nos benefícios flexíveis a serem recebidos.

Comunicar a mudança de modo claro e atrativo

De nada adianta desenvolver um pacote de benefícios flexíveis atraente se essa novidade não for comunicada adequadamente para a equipe. Por isso, esclareça todas as dúvidas, aja com transparência ao explicar o funcionamento do programa e esteja aberto também para avaliar mudanças a partir do feedback dos colaboradores. A ideia é de que tudo seja registrado em um acordo coletivo a ser assinado por todos.

Opções de benefícios flexíveis para sua empresa

Há diversas startups com serviços inovadores que podem ajudar a viabilizar a gestão e a disponibilização dos benefícios flexíveis. Conheça alguns exemplos:

Vee Benefícios 

Essa solução, na verdade, ajudará na gestão dos benefícios flexíveis. Ela funciona como uma carteira digital dos benefícios dos funcionários, concentrando ali todos os benefícios, incentivos e premiações recebidas por eles.

Com o Vee, tudo pode ser administrado em tempo real via internet, o que representa, além de praticidade e transparência, uma significativa diminuição de custos logísticos com questões como emissão e entrega de cartões, por exemplo.

Além disso, para o colaborador há uma vantagem extra: a plataforma disponibiliza também cesso a descontos exclusivos em variados estabelecimentos.

Flash Benefícios

O Flash Benefícios é outra opção de plataforma para consolidar todos os benefícios da empresa em apenas uma solução. Através dela, seus funcionários receberão um cartão para utilizar seu saldo em mais de 2 milhões de estabelecimentos em todo o Brasil. Além disso, há a vantagem adicional de o colaborador poder receber prêmios via plataforma.

Gympass 

Essa é uma opção de benefício flexível bastante atrativa. O Gympass  é um app que libera acesso a academias no país e, até mesmo, no exterior, por meio de uma assinatura mensal ou do pagamento de diárias.

Com isso, o funcionário tem liberdade para escolher exercitar-se um dia próximo de casa, no outro, pertinho do trabalho e, enquanto estiver viajando, poder seguir sua rotina de treinos em outras academias do local.

O que você achou dessa ideia? Sua empresa já oferece ou pensa em adotar os benefícios flexíveis? Deixe sua mensagem nos comentários.

(Visualizado 748 vezes, 1 visualizações hoje)
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.