Espaços de trabalho criativos: impacto na experiência do colaborador

Google e Twitter são umas das empresas que possuem espaços de trabalho criativos. Ou seja, escritórios com sala de jogos com mesas de sinuca e videogame, além de poltronas confortáveis e decoração moderna.

Esses escritórios apostam nessa estrutura para aumentar a performance e a produtividade dos colaboradores. Mas será que espaços de trabalho criativos realmente têm impacto na experiência dos colaboradores?

Espaços de trabalho criativos

Espaços de trabalho criativos: ambientes vivos

Segundo a doutora Marie Puybaraud, especialista em imóveis corporativos e futuro do trabalho, “um espaço desenvolvido pela experiência humana vai além do equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Ele impulsiona a maneira como as pessoas se sentem sobre o seu local de trabalho. O quanto empoderados, engajados e realizados eles são, é a fusão intencional de vida e trabalho com base em experiências humanas autênticas.”

Isso é observado na pesquisa global realizada pela JLL para entender a experiência no local de trabalho e seu impacto nos negócios. Para ajudar a lidar com a pressão no trabalho, os colaboradores afirmaram desejar um ambiente inovador para: se concentrarem (47%), conseguirem suas energias de volta (40%), saírem de suas mesas (39%). Incluindo espaços para contemplação, espaços voltados para a comunidade, ambientes de saúde e dedicados à família, locais para se reunirem e espaços colaborativos e experimentais.

Por isso, locais de trabalho devem fornecer uma gama mais ampla de espaços inovadores. A fim de atender às expectativas dos funcionários e atrair e reter talentos. Afinal, colaboradores que se sentem parte da comunidade e individualmente cuidados são mais engajados.

Além disso, uma pesquisa feita pelo doutor Emmanuel Tsekleves, especialista em interações de design no Instituto de Artes Contemporâneas da Universidade de Lancaster, demonstra que “jogos e diversão são os melhores remédios para um ambiente de trabalho e os colaboradores serão menos letárgicos e suas mentes estarão mais estimuladas e ativas. A descarga extra de adrenalina se transforma em mais produtividade.”

Cuidados

Portanto, espaços de trabalho criativos ajudam na performance e produtividade dos colaboradores. Mas, deve-se ter alguns cuidados. Primeiro, não achar que disponibilizar mesas de sinuca é a solução de todos os problemas. Afinal, a estrutura física deve refletir a cultura da empresa. Se a empresa não adota, por exemplo, políticas de flexibilidade, salas de jogos não vão mudar nada.

Então, é importante entender que um espaço criativo é uma das estratégias para garantir uma boa experiência para o colaborador. Assim, o conjunto de boas práticas é essencial para performance, engajamento, produtividade e lucratividade!

E você, o que pensa sobre espaços de trabalho criativos? Deixe sua opinião nos comentários!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Voltar ao topo