Feedback anônimo: essa estratégia funciona na Gestão de Pessoas?

O feedback é um procedimento utilizado nas empresas para dar uma devolutiva de desempenho e comportamento. No modelo 360º, ele pode ser enviado ao profissional por qualquer pessoa ligada a ele. Mas, algumas empresas estão realizando o feedback anônimo, o que pode ser um problema.

feedback anônimo

De fato, o feedback é um processo que, quando feito da forma correta, pode gerar mudanças e resultados poderosos. A partir disso, surge uma suposição de que o feedback anônimo é a solução para as pessoas falarem o que pensam sem medo de serem prejudicadas.

No entanto, a equação desse pensamento acaba não sendo exata. Afinal, a forma anônima pode ser extremamente desvantajosa.

O feedback anônimo é eficaz?

Em primeiro lugar, o feedback anônimo pode acabar gerando uma alta adesão, mas de maneira superficial. Ou seja, muitas pessoas podem participar sem entender o propósito de desenvolvimento. Assim, provavelmente, farão críticas sem explicação, argumentos ou contextualização. Isso pode, até mesmo, piorar a situação, pois o colaborador não entenderá o motivo pelo qual está sendo criticado.

Além disso, o anonimato pode incentivar uma conotação negativa. Até porque, por não se saber quem está por trás daquele feedback, é possível que se torne um espaço para projeção de frustrações e tentativas de prejudicar os pares por problemas de relacionamento, por exemplo. Dessa forma, essa situação pode causar danos na integração de todo time e afetar o clima organizacional.

Da mesma forma, o diálogo também é impossibilitado caso alguém queira compreender melhor o feedback recebido e pedir uma opinião sobre o que fazer, ou até mesmo agradecer por uma resposta positiva. E, mais uma vez, o feedback não faz seu papel e deixa o colaborador confuso e perdido.

O grande ponto é fazer as pessoas entenderem que é necessário lidar com as críticas e encarar os problemas de frente. Em um ambiente organizacional de alta performance, não há lugar para “virar a cara” para quem discordar de algum comportamento. Até porque todos estão em busca do mesmo objetivo: desenvolvimento profissional.

Em suma, ao tornar o feedback anônimo, você retira a responsabilidade do respondente e corre o risco de perder o caráter de desenvolvimento dessa estratégia. Assim, o feedback passa a ser um canal de depreciação e não cumpre com sua função.

Feedback semanal Vaipe

Por isso, na metodologia da Vaipe as interações não são anônimas. Afinal, a Vaipe incentiva a troca de feedbacks justamente para ajudar no desempenho individual e do time como um todo.

Assim, uma vez por semana, você pode mandar um feedback positivo ou um ponto de melhoria para um colega da empresa. Ele é enviado diretamente por e-mail para a pessoa escolhida e o mesmo acontece caso alguém envie um feedback para você.

Quer saber mais? Fale com um dos nossos especialistas!

E na sua empresa, como é o processo de feedback? Deixe seu comentário e até mais!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Voltar ao topo