Feedback para liderança: qual é o impacto dos líderes?

Quer saber sobre termômetro de liderança e por que o feedback para liderança é fundamental? Então vamos começar do começo!

 

feedback para liderança

Employee Experience e engajamento

As empresas já perceberam a importância do employee experience para o sucesso do negócio. Afinal, oferecer uma experiência significativa para o colaborador melhora desempenho, produtividade e garante a retenção de talentos. Isso diminui custos e aumenta o lucro! Sonho, não?

E sabe o que mais é essencial para as empresas? Engajar seus colaboradores. Isso porque colaboradores engajados são 5x mais propensos a indicar a empresa para novos clientes, 5x mais comprometidos com a entrega e 3x mais propensos à inovação.

Ou seja, eles propagam a boa imagem externa do negócio e executam as tarefas com maior qualidade e velocidade. Além de possibilitarem à empresa uma posição dominante no mercado em relação às demais.

Assim, bom clima organizacional e cultura com objetivos claros são necessários para impulsionar a vivência e engajamento do colaborador. Mas, há algo a mais que é extremamente crucial para alcançar o sucesso: uma liderança inspiradora.

Em pesquisa feita pela BambooHR em 2017, 44% dos entrevistados alegaram que um chefe tóxico foi o motivo da demissão. Dentre as causas, roubar crédito pelo trabalho feito sem reconhecer o colaborador é a mais apontada (20%), seguida de não manifestar confiança, ignorar o excesso de trabalho, não oferecer recompensas financeiras, contratar ou promover pessoas erradas, não apoiar o colaborador em disputas com cliente, não dar orientações claras, microgerenciar e não permitir autonomia, ressaltar fraquezas e não deixar expectativas claras.

Feedback para liderança: caso do Google

Essa foi também a conclusão que o Google chegou durante uma de suas pesquisas, a de gestores do Projeto Oxygen. Primeiramente, a proposta era entender o que faz de alguém um gestor de sucesso na empresa.

Mas, antes de partir para essas definições, eles decidiram iniciar a pesquisa de uma maneira diferente. lsso levando em consideração afirmações de alguns líderes do Google. Por exemplo: os gestores só são, na melhor hipótese, um mal necessário e, na pior, uma camada de burocracia.

Dessa forma, a pesquisa foi iniciada tentando comprovar uma negativa. Os gerentes realmente não importam e a qualidade de um gerente não afeta o desempenho de uma equipe.

Mas a mensuração, feita por meio dos resultados das avaliações de performance dos gestores e dos feedbacks da Pesquisa Anual de colaboradores do Google, demonstrou o contrário: equipes com grandes gestores eram mais felizes e mais produtivas.

Sim, os líderes são importantes!

Com isso, a comprovação de que realmente importava pensar na influência dos gestores, o objetivo inicial retornou. Isso para entender quais características eram particulares de um gestor de sucesso do Google.

Então, mais uma vez, analisando os comentários da Pesquisa Anual de colaboradores e as avaliações de performance, foram encontrados 10 comportamentos comuns em gestores de alta pontuação.

Além disso, entrevistas duplo-cegas foram realizadas com um grupo dos piores e melhores líderes para exemplificar as diferenças no comportamento de cada um.

E eles descobriram que líderes de sucesso:

  1. São bons coachs;
  2. Empoderam seus times e não “microgerenciam”;
  3. Criam um ambiente de equipe inclusivo, mostrando preocupação com sucesso e bem-estar;
  4. São produtivos e orientados para resultados;
  5. São bons comunicadores – escutam e compartilham informações;
  6. Apoiam o desenvolvimento de carreira e discutem performance;
  7. Têm visão e estratégia claras para o time;
  8. Têm habilidades técnicas chave para ajudar a aconselhar o time;
  9. Colaboram com toda a empresa;
  10. São fortes tomadores de decisão.

Aliás, essa lista não é diferente do que já era estabelecido nos estudos sobre o assunto. Mas, o grande diferencial do projeto Oxygen foi perceber que antes o comportamento que o gestor deveria ter só era falado, mas ele não seguia porque tinha outras prioridades.

Por isso, o projeto concluiu que deveria mostrar por que é importante adquirir esses comportamento, tanto para ele próprio quanto para sua equipe e organização, por meio da implantação da Pesquisa de Feedback do Gestor do Google.

Como funciona a Pesquisa de Feedback do Gestor do Google?

Semestralmente, o Google realiza a Pesquisa de Feedback do Gestor. As respostas são anônimas e, para garantir esse anonimato, os líderes só recebem o relatório de feedback se há pelo menos três respondentes.

Antes, esse número era maior, mas como não era um comportamento comum, foi reduzido. Isso permitiu que gestores de equipes menores também pudessem ser beneficiados com o feedback para liderança.

A Pesquisa de Feedback do Gestor é curta e pode ser considerada tanto nas avaliações de performance quanto apenas para desenvolvimento. Com pouco mais de uma dúzia de afirmações, o objetivo principal é ajudar no crescimento e desenvolvimento de habilidades desses líderes.

Cada afirmação que os colaboradores precisam concordar ou discordar é baseada em um dos 10 comportamentos dos gestores de sucesso do Google.

Feedback de liderança Vaipe

A Vaipe elaborou um termômetro de liderança com a metodologia do Projeto Oxygen do Google.

Com a preocupação de incentivar um ambiente de crescimento e valorização, a Vaipe sentiu a necessidade de implementar um feedback para liderança para analisar como esses profissionais estão guiando suas equipes em busca de desenvolvimento por meio de desafios, delegação de tarefas, administração de conflitos, entre outros.

(Visualizado 21 vezes, 1 visualizações hoje)
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Voltar ao topo