Insights de Home Office nas Organizações: análise dos resultados da Pesquisa Pulse Home Office

Segundo estudo realizado pela Fundação Dom Cabral com a Grant Thornton, cerca de 54% dos profissionais irão pedir aos gestores pela possibilidade de trabalhar remotamente após a crise. Por isso, para identificar o entendimento dos colaboradores sobre o home office, a Vaipe analisou mais de 10.000 interações em 120 empresas que aplicaram a Pesquisa Pulse Home Office para mapear os insights de home office nas organizações. Vamos conferir?

Insights de Home Office

Trabalho Remoto VS Home Office

Primeiramente, é importante ressaltar a diferença entre trabalho remoto e home office. Enquanto home office é a ação do colaborador realizar um serviço em sua própria casa, o trabalho remoto são as ferramentas utilizadas para se comunicar ou conectar com a empresa. Ou seja, home office se refere ao local físico (onde) e o trabalho remoto ao modo como ele é feito (como).

Insights de Home Office nas Organizações

A partir de uma análise com mais de 10.000 interações em 120 empresas participantes da #QuarentenaVaipe, a Vaipe identificou qual o entendimento dos colaboradores sobre home office e mapeou os insights de home office nas organizações.

Com base nos resultados da Pesquisa Pulse Home Office, descobriu-se que 38% dos colaboradores nunca tiveram a experiência de trabalho remoto. Entretanto, 14% desses não possui a estrutura adequada para isso. Ademais, entre as maiores queixas estão o acesso à internet, monitor e cadeira confortável. Por isso, algumas empresas seguem como boa prática enviar esses itens para os colaboradores.

Segundo a pesquisa da Fundação Dom Cabral com a Grant Thornton, cerca de 54% dos profissionais irão pedir aos gestores pela possibilidade de trabalhar remotamente após a crise. Tal resultado representa a aceitação dos colaboradores à nova forma de trabalho imposta pelo isolamento social.

Além disso, conforme a mesma pesquisa, quase 40% dos profissionais sentem que a produtividade em casa é similar àquela que apresentavam no escritório, ao lado dos colegas. Dessa forma, a tendência é que após o isolamento social as pessoas se questionem sobre a real necessidade de se encontrar em cafés, coworking e escritório para trabalhar remotamente.

Por fim, outro fator mapeado é um fluxo de trabalho inconstante durante a pandemia. Desse modo, algumas áreas podem ter urgências e altas na demanda, enquanto outras podem ficar ociosas. Assim, para cobrir esse tempo, alguns optaram por cursos e especializações.

Insights de Home Office: ferramentas para times remotos

Confira a seguir ferramentas frequentemente citadas que auxiliam na organização de tarefas e na comunicação entre as equipes.

Ferramentas de comunicação

  • Hangouts: plataforma de comunicação, desenvolvida pela Google, que inclui mensagens instantâneas, chat de vídeo, SMS e VOIP.
  • Microsoft Teams: plataforma unificada de comunicação e colaboração que combina bate-papo, videoconferências, armazenamento de arquivos e integração de aplicativos no local de trabalho.
  • Slack: as conversas são organizadas e em vez de uma única caixa de entrada, todas acontecem em espaços dedicados chamados de “canais”. Além disso, com as Chamadas do Slack, você pode fazer chamadas de voz ou vídeo com qualquer membro do seu workspace.
  • Skype for Business: permite que você adicione até 250 pessoas para reuniões online e gerencie contas de colaboradores. Além de estar integrado aos aplicativos do Office.
  • WhatsApp: aplicativo multiplataforma de mensagens instantâneas e chamadas de voz para Smartphone. Além de mensagens de texto, os usuários podem enviar imagens, vídeos e documentos em PDF, além de fazer ligações grátis por meio de uma conexão com a internet.
  • Whereby: plataforma com videoconferências fáceis, sem necessidade de login ou downloads. Também é possível fazer o compartilhamento de tela, gravação, etc.
  • Zoom: serviço de conferência remota que combina videoconferência, reuniões online, bate-papo e colaboração móvel.

Ferramentas para organizar tarefas

  • Asana: software para web e aparelhos móveis, usada para uma coprodução de projetos sem uso de correio eletrônico.
  • Jira: ferramenta que permite o monitoramento de tarefas e acompanhamento de projetos garantindo o gerenciamento de todas as atividades em um único lugar.
  • Monday.com: sistema operacional de trabalho que permite que as organizações criem aplicativos personalizados de fluxo de trabalho em um ambiente sem código — para executar projetos, processos e trabalho diário.
  • Notion: ferramenta que une recursos para organizar, gerenciar e acompanhar suas tarefas e projetos.
  • Trello: sistema de quadro virtual para gerenciamento de tarefas que segue o método Kanban, muito usado no desenvolvimento com Scrum.

Outras dicas

  • Zendesk para atendimento ao consumidor;
  • Empresas de Ponto Digital;
  • Conheça as integrações que podem ser feitas com seus canais de comunicação, por exemplo, integrar seu Google Drive ao Slack, ou até mesmo o sistema de ponto digital.

Grupo no WhatsApp #QuarentenaVaipe

Com a finalidade de conectar pessoas e compartilhar ações para ajudar todos que estão suportando empresas, gestores, gestoras e times a enfrentar os desafios impostos pelo COVID-19, nós criamos o Grupo #QuarentenaVaipe no WhatsApp. Dessa forma, você poderá se juntar com quem está no front tomando decisões que impactam pessoas. Assim, para participar do nosso Grupo no WhatsApp basta clicar aqui.

Gostou dos insights de home office? Compartilhe com a gente nos comentários uma boa prática adotada pela sua empresa para auxiliar os colaboradores durante o trabalho remoto.

(Visualizado 91 vezes, 1 visualizações hoje)
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.