KPIs de produtividade: o que precisa mudar com o novo modelo de trabalho pós-pandemia

Os KPIs de produtividade (key performance indicators) servem para medir como está o desempenho da produtividade da organização.

Porém, com o novo modelo de trabalho instaurado pela pandemia, as empresas precisam reestruturar diversos processos. Sobretudo os KPIs de produtividade, uma prioridade que faz parte das tendências de RH para 2022.

KPIs de produtividade

Novos valores e expectativas do pós-pandemia

No mundo pré-pandemia, de forma consciente ou não, a produtividade estava ligada a quanto tempo as pessoas passavam no escritório. Também se entrava e saía adiantado ou atrasado, se estava presente em eventos… esses pontos eram levados em conta pela liderança ao avaliar uma pessoa colaboradora.

Mas a pandemia veio para mudar totalmente os conceitos que já tínhamos bem formados. Empresas tiveram que aderir ao trabalho remoto de uma hora pra outra e fora do escritório a abordagem mudou.

E as pessoas colaboradoras se adaptaram bem à nova realidade. Afinal, em uma pesquisa da Talenses Group com a Fundação Dom Cabral (FDC), 86,3% das pessoas relatam que a produtividade é alta ou muito alta no home office.

Além disso, a pandemia também fez suas expectativas mudarem em relação ao futuro do trabalho.

Em uma pesquisa do Fast Company, 78% das pessoas entrevistadas afirmaram que desejam manter o regime de trabalho flexível e com a opção de trabalhar remotamente.

Assim, as empresas que ainda planejam a volta ao modelo 100% presencial poderão perder seus talentos. Até porque mais de 40% da força de trabalho global agora planeja deixar sua empresa atual, segundo o Índice de Tendências de Trabalho de 2021 da Microsoft.

Um estudo da Atlassian em parceria com a PwC também mostrou que 49% das pessoas colaboradoras deixariam seu trabalho se ficasse claro que os valores da empresa não se alinham aos seus.

Por isso, as organizações precisam entender que a flexibilidade no trabalho veio para ficar. Com efeito, atualizar os KPIs de produtividade para continuar atraindo e retendo talentos.

Importância de estabelecer novos KPIs de produtividade

As organizações precisam analisar o que as pessoas esperam do novo trabalho com a  pandemia. Se as empresas desejam reter talentos, precisam estabelecer metas significativas de trabalho e produtividade que estejam alinhadas com os novos valores e expectativas.

Ou seja, definir novos KPIs de produtividade ajudará a acompanhar o mundo real. Como resultado, garantirá que as pessoas colaboradoras se sintam reconhecidas e valorizadas por meio de KPIs relevantes em vez de redundantes.

Refletindo sobre os KPIs de produtividade

Carga horária

Um primeiro ponto de atenção é a carga horária, que era uma métrica para medir a produtividade no escritório e mudou significativamente.

De acordo com a Pesquisa de Experiência do Trabalhador Digital Gartner 2021, 43% dos entrevistados disseram que a flexibilidade no horário de trabalho os ajudou a obter maior produtividade.

Ademais, 64% das pessoas colaboradoras pesquisadas ​​indicaram que eram mais propensas a considerar uma função que permitisse horários flexíveis do que uma que não permitisse.

Em vista disso, as pessoas não querem mais ser obrigadas a trabalhar em um horário definido, e é necessário que o horário de trabalho flexível seja considerado nos novos KPIs de produtividade.

Trabalho com diferentes áreas

Mais uma mudança significativa que foi potencializada pelo novo modelo é que  profissionais estão trabalhando mais regularmente com diferentes áreas dentro da empresa, por isso é preciso levar em conta esse fator ao avaliar desempenho e oferecer promoções, contando com a liderança dessas outras áreas em que a pessoa pode estar envolvida.

Foco em resultados

Segundo o estudo Talent Accelerator, 86% das pessoas escolheriam trabalhar em uma empresa com KPIs de produtividade focados em resultados em vez de volume de produção. 

Por outro lado, apenas metade das diretorias de RH afirmam que sua organização seria mais produtiva como um todo se as pessoas achassem que sua liderança confia nelas para fazer o trabalho sem monitorar seu progresso.

Isso significa que profissionais querem trabalhar em uma empresa que se preocupa menos com quantidade e mais com o impacto que podem causar no negócio.

Porém existe uma lacuna que liga um alerta de que as empresas precisam de uma nova abordagem para definir KPIs de produtividade.

Portanto, as empresas inovadoras se concentrarão em fechar essa lacuna e projetarão experiências centradas nas pessoas, que dão o espaço necessário para liberar todo o seu potencial e fornecer resultados transformadores.

KPIs de produtividade na prática

Colaboração, comunicação, comportamento positivo na vida profissional e mentalidade de coaching podem ser os melhores indicadores de desempenho.

Ações em foco segundo o relatório The HR 2022 Outlook:

  • Adote um modelo de circuito fechado para análises de desempenho:
    Inclui feedback, calibração e compensação. Com a ferramenta Feedbacks Ilimitados da Vaipe, é possível escolher enviar um feedback positivo ou de melhoria a qualquer momento para qualquer pessoa da empresa e, através dos comentários, elogiar uma performance ou ressaltar pontos de desenvolvimento.
  • Combata o risco de preconceito à luz das novas métricas:
    Um sistema de revisão anônimo e multi-avaliador aumenta a confiabilidade das classificações de desempenho e mitiga o preconceito de julgamento de uma única pessoa. 
  • Pulse Home Office da Vaipe:
    Através de perguntas sobre produtividade, experiências com trabalho remoto, infraestrutura e comunicação, a Pulse Home Office monitora a performance, a percepção de pessoas colaboradoras e a relação das equipes em home office.

Em suma, em 2022, a liderança e RH precisam considerar medidas de produtividade mais adequadas aos novos modelos de trabalho. E na sua empresa, os KPIs de produtividade já mudaram no pós-pandemia?

Inicie uma jornada de engajamento com a Vaipe

Vaipe é uma plataforma de people analytics para gestão ativa de engajamento que, através de pesquisas digitais, dá voz aos colaboradores, empodera liderança e RH com dados assertivos e estimula a troca de reconhecimento e feedbacks. Inicie uma demonstração de 14 dias grátis!

 

 

(Visualizado 111 vezes, 1 visualizações hoje)
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.