Liderança na jornada de engajamento: 4 melhores práticas para tê-la como protagonista

Já falamos sobre a importância de ter a liderança na jornada de engajamento e que o RH é só uma ferramenta nesse processo. Mas como fazer com que a liderança direta seja efetivamente protagonista na gestão de engajamento?

Neste blogpost separamos 4 melhores práticas de empresas que têm a liderança ativa na jornada de engajamento para te ajudar!

liderança na jornada de engajamento

Entendimento da importância da jornada de engajamento

Líderes não gastam seu tempo com processos pouco relevantes, certo? Então é pouco provável que eles se dediquem a algo do qual não entendam a importância.

Conhecimento é poder, logo, é preciso que a liderança compreenda conceitos envolvidos na jornada de engajamento. Isso a fim de entender seu valor para o sucesso não só do seu time, como de toda organização. Portanto, líderes devem dominar conceitos como:

O que é engajamento?

O engajamento é a ligação afetiva da pessoa com a empresa. Ou seja, é uma relação emocional que se estabelece por micro comportamentos diários, experiências passadas com colegas ou liderança, e o sentimento atual em relação a perspectivas futuras dentro da organização. É resultado de valores e de objetivos congruentes entre colaborador e empresa. 

Por que engajamento importa?

Sobretudo, pessoas desengajadas custam caro para as organizações. Segundo levantamento feito pela Vaipe em setembro de 2019, 49% dos colaboradores não estão engajados. O impacto disso é o aumento da taxa de absenteísmo em 69%, queda de 10% na própria produtividade e 30% a 40% na redução da performance da equipe como um todo.

(*dados Gallup Report, University of Warwick e Focus, Daniel Goleman)

Por outro lado, colaboradores engajados são 5 vezes mais propensos a indicar a empresa, 5 vezes mais comprometidos com entrega e 3 vezes mais propensos à inovação.

Por que o engajamento é uma jornada?

Para criar um time com alto engajamento é preciso investir em uma cultura ágil e digital com:

  • canal de comunicação e transparência entre colaboradores e empresa;
  • monitoramento contínuo, afinal, só melhora quem mensura;
  • empoderamento da liderança com dados assertivos;
  • implementação de ações a partir da voz dos colaboradores.

Quando a empresa se dedica a esse ciclo, ela começa a trilhar uma jornada com análise e implementação de melhorias recorrentes para ser uma empresa engajada.

O que impacta o engajamento?

O engajamento é volátil e é impactado por diversos fatores do dia a dia de uma organização. Entender quais são esses fatores em relação ao seu time é pensar em ações para melhorar a motivação de forma assertiva.

Anualmente a Vaipe faz uma análise através de um mapeamento que relaciona as perguntas de clima e termômetro de liderança da plataforma com o termômetro de engajamento para identificar as alavancas de engajamento, ou seja, esses fatores-chave que mais impactam o engajamento de colaboradores.

Segundo o Mapa de Engajamento da Vaipe 2020-2021, as 5 maiores alavancas de engajamento são:

Reconhecimento: as medidas de reconhecimento devem estar alinhadas à cultura da empresa.

Engajamento (termômetro de liderança): líderes bem preparados impactam diretamente na satisfação no trabalho dos colaboradores, retenção e performance da equipe.

Metas (Identificação com a empresa e seu negócio): o trabalho com metas alinhadas permite clareza no objetivo a ser alcançado e auxilia na identificação do caminho a ser percorrido.

Aderência (Identificação com a empresa e seu negócio): é fundamental que a empresa deixe explícito qual é a sua missão, visão e valores e os aplique diariamente.

Avaliação (Reconhecimento): as práticas de reconhecimento adotadas pela empresa precisam fazer parte da cultura.

People analytics em tempo real para a liderança na jornada de engajamento

Para que a liderança tome decisões assertivas em relação a seus times, é preciso empoderá-la com dados. Uma vez que a empresa iniciou a pesquisa e monitoramento contínuo de engajamento, o RH precisa dar acesso a people analytics em tempo real para a liderança.

Até porque é função da liderança acompanhar os dados, resultados e fazer análises para entender a evolução de seus times. Dessa forma, consegue incentivar a participação na pesquisa caso a adesão esteja baixa, corrigir problemas rapidamente e identificar os maiores gaps para pensar em ações de melhoria.

Com acesso a dados, líderes podem gerir de forma muito mais eficiente.

Time de People (RH) como parceiro da liderança com insights de melhores práticas de Gente & Gestão

A liderança na gestão de engajamento é protagonista, mas o time de People deve ser um grande parceiro nessa jornada. Afinal, o RH é responsável por levar aos líderes insights de melhores práticas com uma visão ampla, com comparação de resultados do mercado e da liderança de outras empresas ou times.

Assim, os planos de ação de melhorias devem ser discutidos e reforçados com o time de People, e a liderança fica responsável por executá-los.

Comunicação frequente dos resultados para a toda liderança

Um ponto indispensável na jornada de engajamento é a comunicação frequente de resultados. Isso significa que o RH deve promover reuniões para comunicar abertamente os resultados de todos os times para toda liderança, pontuando os gaps e melhores práticas para identificar lideranças benchmarks.

Com isso, há uma integração entre líderes que trocam experiências e entendem o que funciona em alguns times que pode funcionar nos seus também.

Também é um momento para apresentar os resultados da empresa em geral para fazer o alinhamento de quais resultados serão compartilhados com colaboradores e como eles serão comunicados.

Inicie uma jornada de engajamento com a Vaipe

A Vaipe é uma plataforma de people analytics que ajuda as empresas a alcançarem uma cultura ágil e digital com o monitoramento contínuo de clima e engajamento e a troca de reconhecimento e feedbacks.

Dentro da plataforma, RH e liderança têm acesso a métricas em tempo real e podem acompanhar evolução comparada ao mercado, distribuir a empresa em promotores, neutros e detratores, entender o sentimento dos comentários e fazer recortes de engajamento por sexo, tempo de casa e gerações.

Em outras palavras, a Vaipe possibilita que RH e liderança passem a tomar decisões assertivas baseadas em dados. Isto é, faz com que deixem de contar apenas com o “feeling” para criar um time com alto engajamento.

Teste a plataforma grátis por 14 dias clicando aqui!

liderança na jornada de engajamento

(Visualizado 104 vezes, 1 visualizações hoje)
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.