Millenials trocam 4x de trabalho até os 32 anos

Pessoas que nasceram entre 1980 e 1996 são chamadas de Millenials. Eles também são conhecidos por trocarem de trabalho com mais frequência que as outras gerações. De acordo com pesquisa feita pela Gallup, 21% deles trocaram de trabalho no último ano. Isso é 3x a média das outras gerações.

Millenials

Nossos pais passaram anos no mesmo trabalho e tiveram poucos trabalhos distinto ao longo da carreira profissional. Mas, o normal para os Millenials é que aos 32 anos já tenham passado por 4 empregos distintos. Isso é 2x a quantidade da geração X.

Além de terem trocado mais de trabalho, 50% dos Millenials dizem que trocarão de trabalho no próximo ano. Então, uma das possíveis razões para a abertura dos Millenials a novos desafios é o baixo engajamento no ambiente de trabalho. Já que apenas 29% deles se diz sentir-se engajado. Aliás, existe um senso entre esta geração de que as empresas enxergam os funcionários como dispensáveis.

Mas, esse pular de galho em galho, além de ter um alto custo de recrutamento, seleção e treinamento, impacta consideravelmente quem fica. Até porque, quando alguém sai, todos se questionam o motivo daquela pessoa ter saído. Por isso, se turnover de funcionários já era uma preocupação das empresas e dos profissionais de recursos humanos há alguns anos, a nova realidade dessa geração deve ser tratada com lupa. Ou seja, devemos prestar atenção na nossa relação com esses novos profissionais. Isso irá ajudar a reduzir os custos da empresa e de todos os outros processos, seja de contratação ou recrutamento.

A Vaipe ajuda as empresas a acompanhar o engajamento dos funcionários de maneira muito simples: toda semana, uma pergunta SIM ou NÃO e feedback anônimo. Entender com frequência o que está funcionando dentro das ações da empresa é o primeiro passo para dar #adeusclimao nas empresas.

Quer participar deste movimento? Conheça a Vaipe e todas as ferramentas para te ajudar com engajamento. Para fazer parte, basta se cadastrar aqui.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Voltar ao topo