A uhmane agora é Vaipe, entenda.

Manifesto do anonimato!

A gente acredita que pessoas constroem empresas. A gente acredita que se vc estiver feliz no trabalho vai dar aquele gás extra e deixar os clientes mais felizes. Além disso, a gente sabe que ser infeliz no trabalho é ser infeliz na vida.

A gente acredita que a realidade é construída com base nas diferentes percepções de cada um. A maneira como um “eu” te enxerga de frente é diferente de como um “eu” te enxerga de costas e quando o “eu” te vê de costas ainda assim não enxerga o que há dentro de ti. Que se faz sol ou chuva, isso impacta na percepção das pessoas, mas não da mesma maneira porque a realidade é construída com base em múltiplas percepções. Pois é, que loucura.

A gente acredita que percepções importam individualmente e são geradoras do todo. É esse todo que as empresas precisam entender, acompanhar, monitorar, escutar. Escutar para ouvir e transformar. Transformar a cultura de dentro para repercutir no indivíduo que vai repercutir não só no futuro, mas também no tal de fora. E esse fora é lá que tá ele, o grande chefe das empresas: o cliente.

A gente te ajuda a comunicar a sua percepção dentro de um todo. E tenho dito, com a gente, não tem jeitinho. A Vaipe é construída na base da confiança. Não só a plataforma, mas a gente, pessoas felizes que construímos a VAIPE, somos fiéis praticantes da ética, da verdade e da confiança. O seu chefe JAMAIS saberá a sua nota!